Seguidores

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Anefac: 63% dos consumidores pretendem gastar o 13˚ com dívidas já contraídas

Teve início na manhã desta terça-feira o Programa de Valorização do Empreendedor Maranhense, o Made In Maranhão. O objetivo da iniciativa é estimular a inserção competitiva das empresas maranhenses nos mercados interno e externo, por meio da inovação tecnológica, produtividade e qualidade, e acontece até esta quinta-feira, no Convento das Mercês. O evento é voltado para empresários de micro e pequeno porte, funcionários de associações comerciais, sindicatos, cooperativas, artesãos e instituições similares e acadêmicos da área de comércio exterior e afins. A programação inclui cursos, palestras, rodadas de negócios, dentre outras atividades que serão desenvolvidas por representantes do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimento (APEX). As inscrições são gratuitas, através do e-mail inscricoesseminario@sedinc.ma.gov.br, disponível no site da Secretaria de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Sedinc).
................

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec) promoveu, nesta terça-feira (19), às 11h, no Salão de Atos do Palácio dos Leões, em São Luís, a aula inaugural da Universidade Virtual do Maranhão (Univima) dos cursos do Programa Maranhão Profissional. Os cursos oferecidos para as escolas que começaram a funcionar nesta segunda-feira (18), nos turnos vespertino e noturno, são: Auxiliar Administrativo, Auxiliar em Marketing e Vendas, Auxiliar em Panificação e Cuidador de Idoso, este último em parceria com a Defensoria Pública.
..................

63% dos consumidores pretendem gastar o 13˚ com dívidas já contraídas. Os dados são de uma pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), que consultou 635 consumidores de todas as classes sociais, entre 23 e 31 de outubro. Constatou também que 33% vão pagar o cheque especial; 25%, os débitos com cartão de crédito, e 22% regularizar o nome na praça, ou seja, quitar dívidas no comércio e no sistema financeiro já registradas no SPC/Serasa.

................

Nenhum comentário:

Postar um comentário