Seguidores

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Fecomercio-SP acredita que alta na taxa de juros foi necessária para combater inflação no país

A Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de São Paulo avalia que as constantes oscilações do IPCA, em níveis acima de 0,5% ao mês, pesaram na decisão do Comitê de Política Monetária (Copom). Nesta quarta-feira, o Comitê aumentou a taxa de juros pela sexta vez consecutiva, fazendo com que a Selic voltasse ao patamar de dois dígitos pela primeira vez em 20 meses. A alta de 0,5 ponto porcentual elevou a taxa para 10%. O atual nível da Selic representa juro real de 4,25% -- a inflação acumulada pelo IPCA é de 5,5%. Apesar de o juro real ser elevado diante do fraco desempenho econômico, a Fecomercio SP entende que a decisão do Copom foi necessária para o combate da inflação. A entidade estima que a escalada da Selic só será interrompida quando a variação mensal do IPCA oscilar em torno de 0,3%, convergindo para o centro da meta de inflação, de 4,5%. De acordo com a instituição, a tendência de alta de juros mundiais em 2014 deve pressionar o câmbio, o que pode resultar em novas altas da Selic.
...............

As vendas do setor de supermercados cresceram 5,24% em outubro, na comparação ao mês anterior. Os dados são de pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), divulgada nesta quinta-feira. Segundo a aferição, os valores foram deflacionados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O crescimento, somado ao menor índice de desemprego (5,2%), levou a instituição a aumentar a projeção de vendas nos últimos dois meses de 2013 para 5%, frente 3,5% no início do ano.
.........

De acordo com levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Fundação Seade), a taxa de desemprego caiu, de 10,2% em setembro para 9,8% em outubro, no Brasil. O registro aponta o terceiro mês consecutivo de queda. A pesquisa foi realizada em seis regiões metropolitanas do país. O total de desempregados foi estimado em 2,044 milhões, o que representa 94 mil a menos que no mês anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário